5 neo marcas desenvolvidas por mulheres

002

Parece que de uns tempos para cá o consumo ganhou um viés mais ético, mas no fim das contas o que isso significa?!

Já sabemos que pessoas não compram por razões lógicas, ninguém precisa de mais uma blusa, um sapato ou uma bolsa, se abrirmos nosso guarda roupa veremos um leque de opções variadas (até abarrotadas) e muitas delas perdidas ainda etiquetadas. Afinal, consumo sempre esteve ligado ao prazer, a suprir um desejo, uma carência de maneira imediata, só que hoje com o acesso a comunicação, fica cada vez mais fácil entender de onde vem nossa roupa e até nossa comida, então questionar tornou-se parte da militância, ainda que ela esteja diretamente ligada ao universo digital.

Os valores começaram a ganhar mais espaço ao lado da visão e da missão de um negócio e se você aí do outro lado acha esse conceito de marketing ultrapassado pode rever suas ideias, já que cada vez mais consumidores tem buscado o que (e como) marcas fazem, pensam e desenvolvem e isso tem sido fator determinante na hora da compra. Ainda que esse panorama não contemple a grande maioria, já que acesso a informação e poder de escolha também são privilégios, a ética tem sido um dos fatores que norteiam a decisão de parte das pessoas que levam em conta o que está por trás nos bastidores de cada marca antes de passar no débito ou no crédito.

Essa introdução vem para reforçar que incentivar pequenos empreendedores e novos negócios é mais fácil do que a gente imagina, por isso o Sobre Moda & Modos – que tem não apenas um, como dois braços e todo resto do corpo bem GRL PWR – vem no post de hoje mostrar cinco neo marcas desenvolvidas por mulheres. Porque comprar de um produtor que se importa e valoriza o passo a passo da produção é bom, mas se for mina é melhor ainda!

Noiga

002

Diretamente de Curitiba, o minimalismo da Noiga criada por Renata Trevisan dão o tom contemporâneo e único para os acessórios desenvolvidos em impressão 3D que deixaram até André Carvalhal da Malha, impressionado rendendo uma citação pra lá de especial para a marca no livro Moda com Propósito.

Adô Atelier

003

A moda em BH tem ganhado espaço e visibilidade e o casarão antigo recheado de histórias onde fica a Adô (que já recebeu uma edição com sotaque gostoso e cheirim de pão de queijo do Desconstrua a Moda e Construa seu Estilo) guardam as bolsas mais duráveis que já vi. Feitas artesanalmente em couros, cores e estilos que traduzem a personalidade das queridas Tati Azzi e Fê Dubal.

Lacelab

004

Floripa respira conforto, não foi a toa que a Lacelab nasceu das mentes inquietas das irmãs Joana e Luana Ioppi que criaram uma marca de lingerie que visitou o passado e retirou de lá inspirações para o mood new vintage que norteia as criações das hot pants e dos sutiãs sem bojo mais lindos que você vai ver.

Lupi Design

005

Na contramão da decoração escandinava com cara de pinterest, as sócias Roberta Custódio e Lorena Matioli transformam as referências infinitas da nossa cultura em uma variedade enlouquecedora de produtos para a casa com estampas coloridas e únicas que são 100% Made in Brasil, com S mesmo.

Insomnie MAG

001

Cool kids never die! A queridíssima Isabela Freitas faz um culto a juventude e as referências da noite, da cultura e da arte com as tshirts da Insomnie MAG. Porque conforto e camisetas nunca são demais no dia a dia.

E  você, conhece alguma neo marca criada e desenvolvida por mulheres para me contar?!

2 Comentários

Você pode gostar também

2 Comentários

  1. Eu ficava muito babando pela Noiga no Lab Moda! Ainda TEREI peças dela com certeza! Dessa lista eu só conhecia a Noiga e a Lupi Design…agora da pra olhar as outras e saber mais…já vi de cara que gostei da Insomnie!
    Bjussss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *